FANDOM


Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

SÃO PAULO, Brasil -

Ficheiro:Parmalatomou.jpg
Ficheiro:Leaoparmalat.jpg
Ficheiro:Coelhaparmalat.jpeg

Foi iniciada hoje pela Parmalat uma nova campanha de marketing: Os mamíferos crescidos. A empresa reuniu todas as dezenas de bebês fofinhos que fizeram os comerciais vestidos de bichinhos da Parmalat nos anos 90 para que vestissem novamente as roupas daquele tempo.

Após reunírem todos os cerca de 100 ex-bebês propaganda, a empresa constatou que 46 deles haviam virado adolescentes drogados e 27 vendiam o corpo na periferia da grande São Paulo. O ex bebê-cavalo era na verdade um traficante procurado pela polícia e foi preso durante a reunião após vender cocaína para o esquilo, o alce, e a toupeira.

Após a prisão a parmalat fez uma seleção e descartou a participação no novo comercial de todos os drogados e meninas que se recusavam a posar de roupa.

Durante as pré-gravações, uma gangue de furries que descobriu através de um vazamento de informação sobre os planos da parmalat sobre o novo invadiu o local. Cerca de metade dos integrantes do comercial foram estuprados até a morte, e grande parte dos sobreviventes está internada em estado grave no hospital. No fim, apenas 6 ex-bichinhos da parmalat participaram da nova campanha.

Por falta de verba após a quase falência da Parmalat, as fursuits roupas antigas foram utilizadas.

O comercial segue a mesma linha do anterior: Um narrador informa as qualidades e/ou adjetivos do produto, pequenas falas dos bichinhos, agora crescidos e no fim, a famosa pergunta "Tomou?" e uma risada...

Mas o que público não sabe é que neste novo comercial há mensagens subliminares bombásticas!

Vamos aos incidícios, segundo a segundo do comercial:

  • 00:02:01 - Neste momento, um anjo decadente toca uma trombeta, anunciando a chegada dos cavaleiros do apocalipse.
  • 00:03:35 - No momento em que o Leão diz "Esse sou eu", surge uma suástica impressa sobre sua testa numa fração de segundos.
  • 00:06:44 - Quando a girafa aparece, num milhonésimo de segundo, seu rosto fica desfigurado e a boca fica completamente aberta, projetando para uma cena de horror satânico
  • 00:15:11 - Quando o narrador diz "A Parmalat continua se preocupando com a saúde... blá blá blá", você pode ouvir claramente, se tocar de trás para frente o áudio: Nós amamos o Capeta, ele é nosso Pai, foi ele quem comeu nossas mães, e elas gostaram e pediram mais e mais e mais! Nossas mães são umas prostitutas desgraçadas e por isso nós nascemos e somos filhos do pai Satanás! Queremos promover o ódio no planeta e dominar a raça humana que não merece viver, ha ha ha ha ha
  • 00:39:33 - Antes daquela ninfetinha gostosa beber o leitinho e responder a pergunta "Tomou?", se você observar bem, verá que ambas estão batendo uma siririca"

Fontes Editar