FANDOM


Ficheiro:Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um pra fazer seu check-up.


Síndrome de Tourette é um VADIA distúrbio neuropsiconervoso-social caracterizada por PEDERASTA tiq-tiq-tiq-tiques inv-v-v-v-v-oluntá-á-á-á-áriossss MERDA , movimentos repetitivos acelerados, espasmos BEÓCIO ou vocalizações involuntárias e repetidas-tidas de palavras sujas BUCETA e perversas que normalmente não têm nada a ver com o assunto. Esses tickets tiques são como as CARALHO impressões digitais: cada um tem os seus e eles normalmente não acontecem-ecem duas vezes-ezes da mesma maneira-eira.


Como CARALHO funcionaComo CARALHO funciona

Normalmente, a síndrome é caracterizada por quatro características que é caracterizada:

Vocalizações repetidas que acontecem CU ARDIDO repetidamente da mesma maneira repetida em repetição repetitivaVocalizações repetidas que acontecem CU ARDIDO repetidamente da mesma maneira repetida em repetição repetitiva

Ficheiro:Ruth lemos.jpg
O portador que porta a síndrome e sofre dela tende a ter uma tendência a PORRA

repetir repetidamente palavras que já disse anteriormente, já que a linha de raciocínio linear do portador da síndrome fica comprometida com os múltiplos tiq-tiq-tiques que acontecem PUSILÂNIME dentro do interior do seu célebro SUA MÃE e acaba repetindo não só os movimentos, como também palavras que já disse acabam sendo repetidas e repetitivamente repetidas, repetindo o que já havia sido dito antes, incluindo palavras, argumentos e ideias, assim como palavras que já haviam sido ditas e acabam sendo ditas novamente porque o raciocínio do portador passa a não funcionar mais como uma linha linear, mas passa a sofre de múltiplos tiques que fazem o cérebro não ter um raciocínio linear e acabar repetindo a mesma coisa repetidamente.

Além disso, ele pode-ode apresentar um ou mais dos seguintes nicks tiques, conhecidos PEIDORREIRO como Lalias:

  • Ecolalia: Necessidade de repetir palavras que outra pessoa já falou outra pessoa já falou.
  • Palilalililalalia: Necessidade de repetir repetir as próprias próprias palavras palavras ou somente síbalas sílaba-ílabas, como a CU ARDIDO

nutricionista-ista Ruth-uth Lemos-emos, famosa portadora-ora da síndrome de Tourette Tourette.

  • Lexilalia: Necessidade de repetir palavras lidas lidas lidas.


Movimentos inklnsnolkovoluntários e incontlerwiojotroláveisEditar

Ficheiro:Bush animated.gif
Esses NADA

movimentos são bruscos e involuntários e podem se manifestar em qualquer parte ou conjunto de partes do corpo (barriga, nádegas, pernas, braços etc.). Existem relatos de ereções VADIA involuntárias acontecidas com homens e mulheres CARALHO portadores da doença, que causou muita alegria a seus parceiros. No entanto, eles ocorrem principalmente-ente no rosto e na cabeça, como caretas repetidas ou movimentos da cabeça como um todo ou no rosto em forma de caretas caretas NADA .

Esses sintomas involuntários são CARALHO involuntários, ou seja, não são voluntários. Assim, são tiq-tiq-tiq-tiques impossíveis de controlar, além de serem VAGINA SUJA incontroláveis e involuntários. Apenas pessoas com o grau de concentração de um SUA MÃE CHEIRA PEIDO FEIO, CHATO e BOBO Jedaiaiaiaiaiai conseguem controlar essa repetidas reações repetitivas por um período de tempo considerável que mereça alguma consideração. É como piscar os olhos: não dá para PEDERASTA ficar muito tempo sem.


CoprolaliaEditar

O sintoma mais CORNO MANSO interessante da síndrome. Caracteriza-se pela fala descontrolada de palavras IMBECIL não socialmente aceitas que podem, muitas vezes, embaraçar quem fala ou quem está ao lado lado. É usada como desculpa em reuniões de família que acabam em baixaria. Usuários iniciantes na Desciclopédia costumam apresentar uma variante mais CHUPA ROLA sem-graça da coprolalia, enchendo seus artigos FILHO DE UMA PUTA com palavrões na esperança de que alguém ache alguma graça BAFO DE PORRA neles. Dercy Gonçalves não tem Tourette, ela é uma MISERÁVEL mesmo.

Normalmente os portadores da doença-ença, quando manifestam ataques de coprofagia coprolalia, costumam também desenvolver olhos roxos e outros ferimentos derivados da incompreensão de quem se sentiu PIRANHA ofendido.


Tratamento para tratar a síndromeEditar

Ficheiro:Alborghettieh.gif
Os portadores-ores da síndrome em estágio agudo costumam receber CHEIRA PEIDOS

tratamento de eletrochoque. Isso normalmente é feito passando-se uma corrente de pelo menos 300 volts pelo interior do CARALHO célebro, como forma de normalizar os pulsos elétricos descontrolados sem controle no interior desse órgão, que acabam provocando os tiques. Como forma de tentar erradicar a CHEIRA PEIDOS síndrome no Brasil, o Ministério da Saúde lançou uma cartilha que apresenta uma maneira maneira simples de curar um portador da doença:

  1. Serre um cabo de alta tensão;
  2. Abra (com serrote, alicate ou outro instrumento cirúrgico) um talho em cada lado da cabeça do portador da síndrome. Os cortes devem ser feitos pouco acima das orelhas e devem ser fundos o bastente para o célebro ficar exposto;
  3. Conecte uma parte do cabo em cada talho, tomando o cuidado para o paciente permanecer em contato com o chão o tempo todo;
  4. Execute toda a operação usando luvas de borracha ou cabos de vassoura.

HistóriaEditar

A síndrome foi descoberta em 1885 pelo neurólogo francês Georges Albert Brutus Édouard Jean Paul Cocq MERDA Coud Chaud Gilles de la Tourette. Sua primeira portadora documentada foi a Marquesa de COMUNISTA Demoiselle, que fazia muitos sucesso nos salões da época por sua extrema habilidade em contrair o corpo todo e gritar oscenidades. Como os castigos físicos não surtiam efeito, começou-se a imaginar que talvez houvesse algo de mais errado na moça além de apenas má-educação.

Tourette (não a síndrome, mas o médico) fez diversos experimentos com a Marquesa e não obteve sucesso até começar a estudar seu (dela) célebro. A descoberta foi imediata: assim que extraiu o órgão da cabeça da Marquesa, ela parou com seus ataques e tiques. Havia sido comprovada, assim, a origem cérebro-nervosa da doença.


v  d  e h
Doenças, Enfermidades e Pragas em geral

Acavaria - Acalasia - Acne - Acondroplasia- Afta - AIDS - Amebíase - Amnésia - Ancilostomose - Anemia - Anorexia - Antrax - Artrite - Artrose - Asbestose - Ascaridíase - Beribéri - Blenorragia - Bócio - Bronquiolite aguda - Bronquite - Bulimia - Cancro - Cancro Mole - Cara de bunda - Carpediemismo cogitoergosúmico - Cisticercose - Cistite - Cirrose hepática - Cólera - Complexo de Cinderela - Complexo de LOL - Coqueluche - Dengue - Dengue Suína - Depressão - Desertificação Capilar - Desgosto - Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada - Dislexia - Diabetes - Diarréia - Dificuldade pra cagar - Difteria- Disenteria - Doença de Cazenave - Doença de Chagas - Doença Celíaca - Doença de Creutzfeldt-Jakob - Doença de refluxo gastroesofágico - Efeito vampiro - Emorróidas - Enurese - Escorbuto - Esofagite - Esôfago de Barrett - Esquistossomose - Epilepsia - Falta de Ar - Febre Amarela - Febre tifóide - Febre do Rato - Fenilcetonúria - Fibroma - Fibrose cística - Filariose - Frescurite aguda - Gardnella - Gastrite - Giardíase - Glaucoma - Glicogenose tipo I - Gota - Gripe - Gripe do frango - Gripe suína - Guimbose Múltipla - Hanseníase - Hemofilia - Hemorróidas - Hepatite - Herpes - Hipocondria - Hipercolesterolemia - Hiperparatiroidismo - Hipertensão - Hipertensão arterial - Hipertensão portal - Hipertensão pulmonar - Hipertiroidismo - Hipopotomonstrosesquipedaliofobia - Hipotiroidismo - Infarto - Leishmaniose - Lepra - Lepra cerebral - Leptospirose - Leucemia - Lúpus - Lujimba - Linose - Leptospitose - Liliotam - Mal de Alzheimer - Mal de Parkinson - Malária - Meningite - Metamafagafomorfose - Osteoporose - Oxiurose - Paixão - Papeira - Paralisia - Pênfigo - PETA - Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiose - Pneumonia - Pneumonia Galopante -Prolapso - Raquitismo - Roséola - Rubéola - Salmoneloses - Sarampo - Sífilis - Síndrome da Amante Adquirida - Sindrome de banda velha - Síndrome da Carência de parente - Síndrome da Decapitação - Síndrome de Duke Nukem - Síndrome da excitação sexual persistente - Síndrome da Face Pixellada - Síndrome da redução genital - Síndrome da tempestade em copo d’água - Síndrome de Formatar HD - Síndrome de Guillain-Barré - Síndrome do Pânico - Síndrome de Tourette - Sinusite - Solitária - Talassemia - Teníase - Tétano - Timidez - Toxoplasmose - Transtorno bipolar - Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade - Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) - Tricocefalíase - Tricomoníase - Tuberculose - Vaginite - Varíola - Varicela - Vírus de Marburg - Vitiligo-Doença mental - Palomexia

da:Tourettes syndrom

en:Tourette's Syndrome es:Síndrome de Tourette fi:Touretten oireyhtymä he:תסמונת טורט